Eterno brilho fugaz

ceuemar 1000

Há tanto que discorre
E o tempo parece que passa
Mas o relógio não corre
Se arrasta, se gasta
Nos gasta e desgasta
Por tudo que ocorre

Pelo que chegou
Pelo que brilhou
Lindo foi, marcou
Mas se foi, e nos deixou

Tanto se passou
Em tão pequenino tempo
Mas com tão grande amor
Que não sairá da lembrança
De quem sentiu seu calor

Para acalmar a dor
Fica a recordação
Da imagem pura e serena
Daquela face pequena
Que nos encheu de alegria
Trouxe união
E mais harmonia

Ainda virá a calmaria
Aos aflitos corações
Convertendo em boas energias
Nossas tristes emoções


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s